Volume 09 / n. 16 jan. - jun. 2017: Artigos

Impactos do trabalho de pesquisa colaborativo na formação e no desenvolvimento profissional de professores de Matemática no Projeto OBEDUC Núcleo UEPB

foto de Abigail Fregni Lins

Abigail Fregni Lins

Natural da cidade de São Paulo. Bacharel em Matemática Pura e Licenciada em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUCSP (1985). Mestrado (MPhil) em Teoria dos Números pela University of Nottingham (1992). Doutorado (PhD) em Educação Matemática pela University of Bristol (2003). Atuou a nível Graduação e Pós-Graduação em Instituições Nacionais e Internacionais. Tem experiência na área de Educação Matemática, com ênfase em Tecnologia Educacional, nos temas Formação Inicial e Continuada de Professores de Matemática, Preservice and Inservice Mathematics Teacher Education and Technologies. Atualmente é docente permanente do Departamento de Matemática e docente pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática da Universidade Estadual da Paraíba, UEPB. Coordenadora do Curso de Especialização em Educação Matemática, UEPB. Consultora ad hoc CAPES e CNPq. Avaliadora INEP/SINAES. Líder do Grupo de Pesquisa CNPq GITPCEM. Coordenadora de Núcleo UEPB do Projeto Observatório da Educação em rede UFMS/UEPB/UFAL. Coordenadora do Projeto de Pesquisa em Lógica Matemática PROPESQ/UEPB. Professora Visitante da University of Georgia (CAPES/FULBRIGHT). Membro da Equipe Editoral do Periódico Educação Matemática em Foco (UEPB), do Conselho Editoral do Periódico Perspectivas da Educação Matemática (UFMS), Revisora dos Periódicos Zetetike (UNICAMP), Ciência&Educação (UNESP/Bauru), Ciências&Ideias (IFRJ), VYDIA, Educação Matemática Revista e IGISP (PUC/SP). Colaboradora do Programa Sala do Professor (MEC/TVEscola). Diretora da Sociedade Brasileira de Educação Matemática Regional Paraíba SBEM/PB.

Resumo

O Programa OBEDUC da CAPES tem como meta fomentar estudos e pesquisas em educação que utilizem a infraestrutura disponível das instituições de educação superior e bases de dados existentes no INEP. Tem como objetivos proporcionar a articulação entre pós-graduação, licenciaturas e escolas de educação básica, estimular a produção acadêmica e a formação de recursos pós-graduados, em nível de mestrado e doutorado. Neste sentido, discutimos em nosso artigo resultados da aplicação de questionários, dos quais relatamos impactos do trabalho de pesquisa colaborativo na formação de dois dos oito graduandos e no desenvolvimento profissional de dois dos oito professores de Matemática inseridos no Projeto OBEDUC em rede Edital 2012 Núcleo UEPB nos últimos três anos. Foi de experiência única e enriquecedora aos professores em formação e em exercício terem tido a oportunidade de inserção ativa em um projeto envolvendo pesquisa na educação. Os resultados comprovam a vital importância de apoio governamental para recursos financeiros de atividades no desenvolvimento pré-profissional e profissional de professores, assim como recursos financeiros de atividades na pesquisa. Podemos afirmar fortemente que a implantação do Programa OBEDUC na CAPES provoca e problematiza novos rumos nas políticas educacionais de formação de professores e pesquisadores de nosso país ao proporcionar interação e trabalho de forma conjunta, ao integrar alunos de graduação, de pós-graduação e professores em exercício em um mesmo projeto, em um mesmo processo, com um mesmo objetivo. Acreditamos que o Programa OBEDUC da CAPES se dá, e pode ser entendido, como uma área de estudo para políticas educacionais da educação superior de nosso país, tanto a nível graduação como a nível pós-graduação, como para o desenvolvimento profissional de professores.


Palavras-chave

Desenvolvimento Profissional // Educação Matemática // Formação de Professores // OBEDUC // Pesquisa

Programa Observatório da Educação – OBEDUC/CAPES

Pensando na importância da _formação do professor enquanto formação inicial e desenvolvimento profissiona_l para escolas públicas em termos de políticas governamentais, iniciou-se o Programa Observatório da Educação – OBEDUC. Tal Programa foi constituído pelo Decreto Presidencial nº 5.803, em 08 de junho de 2006, como resultado de parceria entre Coordenação/CAPES de Melhoramento de Recurso Humano à Nível Universitário e INEP Instituto Nacional de Estudos Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. O Programa OBEDUC objetiva dar suporte ao trabalho acadêmico e prover recursos para estudantes de mestrado e doutorado com auxílio financeiro específico, sendo um deles bolsa de estudos. Outro aspecto, extremamente relevante e inovador, do Programa OBEDUC/CAPES é o de unir estudantes de graduação e pós-graduação com professores da educação básica em exercício, para juntos realizarem pesquisas no campo da educação.

A meta do Programa OBEDUC/CAPES é o de fomentar estudos e pesquisas em educação que utilizem a infraestrutura disponível das Instituições de Educação Superior – IES – e as bases de dados existentes no INEP. Tem como objetivos proporcionar a articulação entre pós-graduação, licenciaturas e escolas de educação básica, estimular a produção acadêmica e a formação de recursos pós-graduados, em nível de mestrado e doutorado.

As modalidades do Programa OBEDUC/CAPES são de núcleos locais compostos por pelo menos um PPG stricto sensu de uma IES e núcleos em rede compostos por pelo menos três PPGs stricto sensu de IES distintas, sendo este o caso de nosso Projeto OBEDUC. As modalidades de bolsas de estudo do Programa OBEDUC/CAPES são: categoria graduando – para estudantes de licenciatura: R$400,00 (quatrocentos reais); categoria professor da educação básica – para professores de escolas públicas e privadas de educação básica: R$765,00 (setecentos e sessenta e cinco reais); categoria mestrando – para estudantes de mestrado da IES: R$1.500,00 (um mil e quinhentos reais); categoria doutorando – para estudantes de doutorado da IES: R$2.100,00 (dois mil e cem reais); categoria coordenador de núcleo e geral – para o docente doutor da IES: R$1.500,00 (um mil e quinhentos reais). As bolsas de estudo são financiadas pela CAPES diretamente aos bolsistas por meio de crédito bancário.

Um Projeto Observatório da Educação OBEDUC em rede

Nosso projeto de pesquisa colaborativo em rede, Trabalho colaborativo com professores que ensinam Matemática na Educação Básica em escolas públicas das regiões Nordeste e Centro-Oeste, foi aprovado pelo Programa Observatório da Educação OBEDUC/CAPES Edital 2012, período de três anos, entre março 2013 e março 2016, com orçamento de R$ 1.600.000,00 (um milhão e seiscentos mil reais) entre bolsas de estudo, material de custeio e capital, tem como universidades parceiras a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) núcleo geral e local, tendo Dra. Patricia Sandalo Pereira como coordenadora geral e de núcleo; a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) núcleo local, tendo Dra. Abigail Fregni Lins como coordenadora de núcleo; e Universidade Federal de Alagoas (UFAL) núcleo local, tendo Dra. Mercedes Carvalho como coordenadora de núcleo.

Objetivamos em nosso projeto estudar, pesquisar e desenvolver, de forma colaborativa, alternativas didáticas e metodológicas a serem trabalhadas em salas de aula de Matemática do Ensino Fundamental I ao Ensino Médio em escolas públicas nas regiões Nordeste e Centro-Oeste. As alternativas didáticas e metodológicas envolvem uso de aparatos como tablets (Fundamental I), materiais manipuláveis, calculadoras, robótica (Fundamental II) e GeoGebra (Ensino Médio). Nosso projeto visou colaboração entre três as pesquisadoras educadoras matemáticas, doutorandos e mestrandos em Educação Matemática, professores polivalentes e de Matemática da educação básica (Fundamental I e II, Ensino Médio) e graduandos de Cursos de Pedagogia e Licenciatura Plena em Matemática (Formação de Professores) dos Estados de MS, PB e AL.

As três pesquisadoras educadoras matemáticas, estudantes de doutorado e mestrado em Educação Matemática, professores de Matemática e de Pedagogia em exercício e em formação formam os 46 membros de nosso projeto de pesquisa colaborativo em rede:

Na Universidade Federal UFMS, coordenação geral e de núcleo, o grupo é formado por 16 membros, estudantes de mestrado e doutorado em Educação Matemática, professores de Matemática em formação e em exercício, que pesquisam/trabalham sobre formação inicial de professores (roda de conversa) e formação continuada de professores (roda de conversa). Na Universidade Estadual UEPB, coordenação de núcleo, o grupo é formado por 20 membros, divididos em 4 equipes, cada delas composta de um estudante de mestrado em Educação Matemática, dois professores de Matemática em formação e dois professores de Matemática em exercício. Cada equipe com sua própria pesquisa/trabalho: Calculadoras e Argumentação Matemática; Robótica e Educação Matemática; Prova e Demonstração Matemática e GeoGebra; e Deficiência Visual e Materiais Manipuláveis na Educação Matemática. Na Universidade Federal UFAL, coordenação de núcleo, o grupo é formado por 9 membros, estudantes de mestrado e doutorado em Educação Matemática, professores de Pedagogia e Matemática em formação e em exercício, diretora e coordenadora pedagógica, com pesquisa/trabalho sobre o uso de tablets para a Matemática nos anos iniciais e gestão escolar – Ensino Fundamental I e II (interação entre Pedagogos e professores de Matemática).

Organizamos os três anos de nosso projeto de pesquisa colaborativo em três etapas:

  • Ano 2013: estudos, leituras, debates sobre trabalhos científicos (teses e dissertações), teorias e autores; ano 2014: criação e elaboração de propostas didáticas; ano 2015: aplicação das propostas didáticas e análise. Reuniões gerais e de equipe semanais (2 a 4 horas) ao longo dos anos de 2013, 2014 e 2015. Sendo o ano de 2016 dedicados às defesas, fechamentos e publicações.
  • Correspondência

    Abigail Fregni Lins


  • Download do artigo

    Impactos do trabalho de pesquisa colaborativo na formação e no desenvolvimento profissional de professores de Matemática no Projeto OBEDUC Núcleo UEPB Download

  • Cadastre-se

    Caso queira obter informações sobre a Revista “Formação Docente”, cadatre-se e receba atualizações periódicas sobre a produção acadêmica na área da formação de professores. Cadastre-se

  • Latindex
  • sumarios.org
  • BBE
  • CAPES

    Portal de Periódicos/Qualis

  • Diadorim

    Deadorim

  • Edubase

    Edubase