Volume 06 / n. 11 ago. - dez. 2014: Artigos

Desafios, saberes e práticas pedagógicas de docentes universitários: repercussões de um programa institucional de formação

foto de Valeska Maria Fortes de Oliveira

Valeska Maria Fortes de Oliveira

Possui graduação em Pedagogia (1986) e mestrado (1990) pela Universidade Federal de Santa Maria e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995). Realizou o Pós-Doutorado na Faculdade de Ciências da Educação da Universidade de Buenos Aires, Argentina (2007). Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Imaginário Social (GEPEIS), criado em 1993 e consolidado no CNPq. Foi bolsista de Produtividade em Pesquisa no CNPq até 2012. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSM de 1998 até 2001. Professora Titular do Departamento de Fundamentos da Educação do Centro de Educação da UFSM, desde 1997. Pesquisa e desenvolve estudos e investigações no campo do imaginário social com o foco nas narrativas de vida de professores, cinema e formação de professores. Coordenadora do GT 08 – Formação de Professores da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educaçao – ANPED.

foto de Vanessa Alves da Silveira de Vasconcellos

Vanessa Alves da Silveira de Vasconcellos

Possui graduação em Pedagogia Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (2008), Mestrado em Educação, na linha de pesquisa Formação, Saberes e Desenvolvimento Profissional, pela Universidade Federal de Santa Maria (2011) e na mesma linha de pesquisa, atualmente, realiza o curso de Doutorado em Educação, no Programa de Pós Graduação em Educação da UFSM. Tem atuado como Professora de Educação Infantil, na Rede Municipal de Ensino de Santa Maria, na Escola de Ensino Fundamental Dom Luiz Victor Sartori desde o ano de 2009 até os dias atuais. Também atua como Professora à distância no Curso de Pedagogia EaD, da Universidade Federal de Santa Maria. É integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Imaginário Social (GEPEIS), coordenado pela Professora Valeska Fortes de Oliveira, desde o período da sua graduação até os dias atuais. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em questões acerca da Pedagogia Universitária, Imaginário e formação docente.

Resumo

Com o objetivo de contribuir para o campo da Pedagogia Universitária e para os debates surgidos por ocasião da proposta deste dossiê, é apresentado este trabalho que se origina de um estudo em que o principal objetivo foi compreender as significações dos professores universitários da Universidade Federal de Santa Maria em relação aos seus processos formativos. Para isso, foi acompanhado, no segundo semestre de 2009, o I CICLUS – Programa Institucional de Formação e Desenvolvimento Profissional dos Professores e Gestores da universidade. Com a oportunidade de acompanhar o programa, centramos nossos esforços em problematizar a trajetória profissional e a construção de conhecimento por parte dos docentes a partir dos desafios que eles enfrentam na docência e no ensino universitário. O programa reuniu um grupo de trinta professores, sendo que a narrativa de vida, metodologia escolhida para uma aproximação dos sentidos e significados, foi realizada com três professores de diferentes áreas do conhecimento e atuação docente. Tivemos a oportunidade de observar que este programa criou a possibilidade de um espaço de convivência entre os participantes e o intercâmbio de conhecimentos construídos durante seu exercício profissional, como também das angústias geradas pelo desafio da docência universitária. Além disso, foi constatado também que este espaço serviu como um potencial formativo para as questões didático-pedagógicas, sendo possível um exercício de reflexão de sua prática.

ABSTRACT
Aiming to contribute with the area of Higher Education Pedagogy and with the debates that arose when this dossier was proposed, this paper originates from a study, whose main aim was to comprehend the meanings attributed by University professors of Federal University of Santa Maria to their training processes. Considering such objective, we followed up the second term of 2009 of the I CICLUS – Institutional Programme for Professional development and training of professors and managers of the institution. Throughout such process, our efforts were directed towards problematizing the professional trajectories and the construction of knowledge of professors, considering the challenges they face while teaching and regarding higher education teaching. A group of thirty professors participated in the programme, and the life narrative of three professors of different areas of knowledge was the method chosen to grasp the meaning, senses and knowledge attributed by the professors. We have observed such programme enabled the creation of a space of acquaintanceship among the professors, and the exchange of knowledge built during their professional activities, as well as the anguish arising from the challenges promoted by higher education teaching. Moreover, such space showed to have a potential concerning training of didactic and pedagogical issues, enabling the exercise of reflection about their practices.

RESUMEN
Con el objetivo de contribuir para el campo de la Pedagogía Universitaria y para los debates surgidos por ocasión de la propuesta de este grupo, presentamos este trabajo que se origina de un estudio interinstitucional en el que el principal objetivo era comprender las significaciones de los profesores universitarios de la Universidad Federal de Santa Maria, RS, Brasil, en relación a su proceso formativo. Para ello, fue acompañado, en el segundo semestre del año 2009, I CICLUS – Programa Institucional de Formación y Desarrollo Profesional de los profesores y gestores de esa universidad. Hemos tenido la oportunidad de seguir este programa, en el que nos centramos en la trayectoria profesional y en la construcción de conocimiento por parte de los profesores a partir de los desafíos a los que se enfrentan en la docencia de la enseñanza universitaria. El Programa abarcó un grupo de treinta profesores, siendo que la narración de la vida, metodología elegida para una aproximación de los sentidos, significados y conocimientos docentes, presenta tres profesores de diferentes áreas del conocimiento y actuación docente. Hemos podido observar que este programa ha creado la oportunidad de un espacio de convivencia entre los profesores, el intercambio de conocimientos construidos durante su ejercicio profesional, así como de las angustias generadas por el desafío de la docencia universitária. Además fue constatado también que este espacio servió como un potencial formativo para las cuestiones didáctico-pedagógicas, siendo posible un ejercicio reflexivo de su práctica.


Palavras-chave

Formação // Pedagogia Universitária // Saberes e práticas docentes

APRESENTANDO O CONTEXTO

Com o intuito de contribuir para as discussões em relação à formação do professor de ensino superior e sua inserção profissional na universidade no campo da pedagogia universitária, apresentamos este trabalho decorrente da pesquisa/formação realizada no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria, que foi realizado por uma exigência do Programa REUNI, responsável pela expansão do ensino universitário federal focando para o Programa Institucional de Formação e Desenvolvimento Profissional de Docentes e Gestores da UFSM, o CICLUS, e os processos formativos dos docentes.

O I CICLUS buscou o incentivo à educação permanente dos docentes e gestores da universidade. Esse programa é um movimento de formação, que respeita as diferentes trajetórias e áreas do conhecimento, produzindo, ainda que timidamente, discussões sobre a docência no ensino superior, colocada em segundo plano em relação às demandas de investigação, estimuladas pelo modelo produtivista que vem avaliando os cursos e programas nas universidades brasileiras.

O CICLUS foi proposto para sensibilizar, mobilizar e articular a comunidade acadêmica no sentido de direcionar a visão da ação pedagógica na busca por mais dinamicidade, no apoio de um saber descontínuo e articulado com a vida das pessoas que constroem esse contexto, bem como com a sociedade de forma geral. Apresentou em seu objetivo maior a promoção da reflexão e o (re)pensar das ações pedagógicas a partir da integração das dimensões implicadas nessa prática, bem como nas relações estabelecidas entre os sujeitos que nelas estão envolvidos.

Entre as estratégias de ação para alcançar o objetivo do programa destacam-se as conferências envolvendo representantes de todos os segmentos do contexto universitário no intuito de definir interesses individuais e coletivos no que diz respeito à prática pedagógica; a utilização do meio eletrônico para pesquisa de opinião, fóruns de discussão e informações relevantes sobre as ações pedagógicas; organização de jornadas temáticas com convidados notórios na área do ensino superior; criação, junto à Pró-Reitoria de Graduação, do Núcleo de Apoio Pedagógico para prestar assistência à comunidade através de oficinas que possibilitem o incremento da prática pedagógica (UFSM, 2007).

Este programa mostrou uma proposta que pretendeu alavancar a questão da formação do docente em âmbito institucional, viabilizando um espaço que permitisse a discussão e a reflexão das ações pedagógicas desenvolvidas no cotidiano e que implicasse não somente os professores, mas também gestores, alunos e técnicos administrativos, no sentido de considerar a integração e a solidariedade como peças fundamentais nesse processo formativo.

No Glossário organizado em forma de Enciclopédia de Pedagogia Universitária pela Rede Sulbrasileira de Investigadores da Educação Superior (RIES) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP), no item “Políticas Públicas de Educação Superior: Expansão da Educação”, encontramos alguns dados comparativos significativos entre alguns países.

  • A expansão na educação superior, expressa pelo crescimento de matrículas, de cursos e de instituições de educação superior, constitui-se num traço dominante na América Latina desde a segunda metade do século XX, tendo um incremento sobretudo desde 1960, verificado por meio do crescimento gradual das instituições privadas. Dentre os países que se destacaram no crescimento estão Argentina, Equador, Costa Rica e Venezuela (20%) e dentre os de taxas mais baixas estão Bolívia, Brasil, Colômbia e México (entre 10 e 20%) (TRINDADE, 2001). No Brasil, o Sistema Nacional de Educação Superior teve um processo de expansão e consolidação entre 1930 e 1970, principalmente via instituições públicas. A partir de então, iniciou-se uma inversão da matrícula do setor público para o setor privado. Desde a década de 1980, essa situação efetivamente se desenvolve: entre 1981 e 1995 o número de instituições privadas passou a ser quatro vezes superior ao das públicas; em relação as matrículas de alunos, o setor privado detinha 40% em 1960, enquanto que em 1980 passou para 63% (TRINDADE, 2001). Mas é na década de 1990 que a expansão centrada no setor privado ocorre de forma mais enfática, do mesmo modo que o declínio do financiamento das instituições públicas, o que se relaciona com a política neoliberal de educação – que passa a ser hegemônica na América Latina, seguindo diretrizes semelhantes na região latino-americana, tendo por base a implementação de reformas que pretendem um modelo diversificado, flexível, controlado pela avaliação e focado na expansão (MOROSINI, 2006, p. 194).

Na gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2002-2006), presenciou-se no país o compromisso de ampliação do papel do público, o aumento de vagas e, com isso, a expansão do ensino superior para a camadas mais pobres da sociedade. Programas para criação de cursos em outros turnos e a expansão da Universidade Aberta do Brasil, com cursos a distância, demandam Programas de Infraestrutura para atender aos novos compromissos. Sobre esse processo de expansão, o mesmo verbete, já citado anteriormente, esclarece:

  • Como parte das ações com vistas a atingir as metas do Plano Nacional de Educação (oferecer 40% das matrículas em instituições de Educação Superior públicas até 2010, e atendimento até 30% da população da faixa etária entre 18 e 24 anos) o MEC cria o Programa de Expansão da Educação Superior Pública, que compreende a criação de 10 universidades federais: 2 novas, 2 por desmembramento de universidades já existentes e 6 a partir de escolas e faculdades especializadas (MOROSINI, 2006, p. 194).

No processo de expansão de cursos e de vagas, tivemos a abertura de concursos para professores de diferentes áreas profissionais, muitos deles, jovens profissionais atuantes em áreas específicas e sem nenhuma experiência na docência. Vários, nos encontros realizados pelo Programa CICLUS, manifestavam desassossego na gestão da sala de aula e de tantas outras demandas exigidas no espaço acadêmico.

Sobre a professoralidade universitária, podemos começar perguntando: como os professores que estão na docência universitária se constituíram professores, principalmente em se tratando de áreas nas quais a preparação para a docência está ausente das propostas curriculares dos cursos que formam docentes?

Na tentativa de responder à questão para saber como se dá esse caminhar em relação à profissão do docente universitário, Anastasiou (2002, p. 174) aponta para o fato de que a

  • […] maioria dos que atuam na docência universitária, tornou-se professor da noite para o dia: dormiram profissionais e pesquisadores de diferentes áreas e acordaram professores. Por mais excelência que tragam das diferentes áreas de atuação, não há garantia de que a mesma tenha igual peso na construção do significado, dos saberes, das competências, dos compromissos e das habilidades referentes à docência.
  • Correspondência

    Valeska Maria Fortes de Oliveira

    Rua Guilherme Cassel Sobrinho, 54, apt. 02
    97.050-270, Santa Maria, RS, Brasil


    Vanessa Alves da Silveira de Vasconcellos


  • Download do artigo

    Desafios, saberes e práticas pedagógicas de docentes universitários: repercussões de um programa institucional de formação Download

  • Cadastre-se

    Caso queira obter informações sobre a Revista “Formação Docente”, cadatre-se e receba atualizações periódicas sobre a produção acadêmica na área da formação de professores. Cadastre-se

  • Latindex
  • sumarios.org
  • BBE
  • CAPES

    Portal de Periódicos/Qualis

  • Diadorim

    Deadorim